5 etapas de uma implantação de e-commerce consistente

24 de JUL, 2020 por Pablo Ribeiro

Neste artigo, te mostraremos as etapas de uma implantação de e-commerce e o passo a passo para ter um projeto de loja virtual consistente. Confira a seguir!

Conheça melhor o mercado digital

Antes de saber como implementar um e-commerce, é preciso compreender o cenário do mundo atual, entender quem é o consumidor contemporâneo e a relevância do comércio eletrônico dentro deste panorama. Para começar, a transformação digital já é uma realidade que não só o varejo, mas todas as empresas estão vivendo. O uso da tecnologia melhora o desempenho das instituições, garantindo, portanto, resultados ainda melhores. Sendo assim, é impossível não tratar os avanços tecnológicos e os recursos digitais como uma realidade do varejo.

Além disso, os comportamentos e hábitos do consumidor 4.0 estão diretamente relacionados à digitalização. Ele tem fácil acesso às informações dos produtos – através de rápidas pesquisas nos motores de busca -, consequentemente, está cada vez mais exigente, busca custo-benefício e uma boa experiência de compra, deseja uma comunicação e relação mais digitalizada com a loja, quer proximidade de valores e sensação de pertencimento em relação à marca, transita entre os mais variados canais – físicos e digitais – antes de realizar uma compra e procura um formato de consumo prático e rápido. Estas são algumas das características do consumidor contemporâneo.

Neste contexto, o comércio eletrônico vem mostrando números cada vez mais otimistas e conquistando mais e mais consumidores, que, até então, sentiam-se inseguros em fazer compras on-line. Para você ter uma ideia, segundo a 41º edição do Webshoppers, realizada pela Ebit | Nielsen, o e-commerce obteve um crescimento de 16% e 10,7 milhões de novos consumidores on-line em 2019, no Brasil.

Em relação a 2020, o comércio eletrônico conquistou uma fatia ainda maior no mercado brasileiro. Sobretudo, devido à pandemia e à necessidade de isolamento social, transformando o e-commerce numa verdadeira solução para os mais variados formatos de varejo. Contudo, o número de concorrentes está ainda maior e a pergunta que não quer calar é: como implementar uma loja virtual e se destacar? A resposta simples! Através de um projeto de implantação consistente. Saiba, a seguir, o passo a passo para isso.

Imagem Etapas de uma implantação de e-commerce
Como ter um projeto de e-commerce consistente?

# 1: Analise os seus concorrentes

Ao mesmo tempo que o varejo digital amplia o número de consumidores em potencial, também aumenta o número de lojas concorrentes. Portanto, antes de materializar o seu projeto, é fundamental que você faça uma análise dos e-commerces que comercializam os produtos iguais ou similares aos seus. Verificando, por exemplo, quem são eles, os preços estabelecidos, formas de pagamento disponibilizadas, seus pontos fortes e fracos, as táticas de marketing digital utilizadas e a sua indexação (posicionamento) nos motores de busca. Desta maneira, você obterá uma visão ainda mais clara do mercado, a fim de traçar estratégias assertivas para se destacar.

# 2: Planeje-se estrategicamente

A segunda etapa está correlacionada com a primeira, afinal, para se planejar estrategicamente é importante conhecer o seu mercado de atuação e o varejo digital como um todo. Mas neste ponto, especificamente, você deverá estabelecer a sua conduta na web, identificando as suas forças, oportunidades, fraquezas e ameaças – através da Análise SWOT -, determinando a visão, missão e valores da sua marca, definindo se a sua empresa vai atuar em todo o país ou apenas em regiões específicas e estabelecendo qual será o seu posicionamento no mercado. Sem dúvidas, este planejamento inicial fará total diferença para o sucesso do seu e-commerce.

# 3: Se atente ao planejamento da logística do seu e-commerce

A logística é um dos pontos cruciais para que a sua loja virtual proporcione uma boa experiência aos consumidores, fator que influencia, diretamente, na fidelização dos clientes. Quando um sistema de logística é mal estruturado, além do lojista perder boas oportunidades de recompra, também conquista um péssimo marketing espontâneo. Ao invés dos consumidores indicarem a loja aos seus conhecidos, recomendarão o oposto. Isso sem mencionar os comentários negativos que o e-commerce pode apresentar em sites como o Reclame Aqui. 

Para que isso não aconteça:

  • Planeje as formas de entrega que estarão disponíveis;
  • Contacte as empresas que farão parte desta empreitada, como transportadoras e Correios;
  • Se atente ao controle de estoque e ao local de armazenamento dos produtos;
  • Defina as ações que serão executadas em relação à separação dos pedidos e ao envio;
  • Estabeleça e cumpra os prazos de entrega de acordo com a transportadora e os Correios;
  • Determine se o frete ficará sob responsabilidade do cliente ou se a loja arcará com todo o custo ou, apenas, parcialmente;
  • E, por fim, defina como será realizado o rastreamento dos pedidos (tracking).

# 4: Implantação do e-commerce

A fase de implantação do e-commerce, propriamente dita, merece grande atenção. Tudo deve ser pensado para viabilizar uma jornada de compra rápida e intuitiva, contribuindo, assim, para a Experiência do Usuário (UX). Dois dos principais elementos que vão nortear este processo é a escolha da plataforma de e-commerce que será utilizada e a agência especializada em implantação de e-commerces e performance digital que será responsável por materializar o projeto. Boas escolhas contribuirão, significativamente, para o sucesso do seu negócio.

Em relação à escolha da plataforma, analise as funcionalidades que ela poderá oferecer à sua loja, saiba se te atenderá bem à medida que o e-commerce for crescendo e se ela segue as tendências do mercado digital. Quanto à decisão de qual agência estará contigo nesta missão, verifique os serviços que já foram prestados por ela, saiba se está pronta para levar o seu negócio além e se conseguirá te assessorar da maneira necessária.

Para a implantação da loja, é importante desenvolver um briefing contendo as principais informações da sua empresa e aquilo que você almeja e necessita como lojista. Este material norteará todo o projeto dentro da agência. Neste ponto, serão produzidos o wireframe, a arquitetura do site e a programação e o layout – baseado nas práticas de UX e UI (User Interface). Além disso, é necessário estabelecer quais canais de atendimento serão disponibilizados aos clientes, definir o gateway ou intermediador de pagamento,  escolher o serviço antifraude que será utilizado e obter certificado SSL. Deste modo, você e os seus consumidores terão mais segurança.

# 5: Trace estratégias de marketing digital

O marketing digital é imprescindível no mercado atual, tanto para lojas físicas quanto para e-commerces. A partir das estratégias que serão traçadas, será possível atrair os seus consumidores, criar relacionamento com eles, divulgar os seus produtos, trabalhar o posicionamento da sua marca e conquistar visibilidade. Para isso, já utilize o marketing digital a seu favor desde o início, analisando as táticas usadas pelos seus concorrentes, estabelecendo o valor que será disponibilizado para investir nisso, traçando algumas campanhas que serão feitas para atração do público e definindo quais ferramentas serão utilizadas e as métricas que te guiarão para a mensurar o resultado da loja virtual (KPIs).

Quando a loja já estiver no ar, acompanhe, frequentemente, a performance do  seu e-commerce, a fim de que você consiga estabelecer táticas cada vez mais assertivas. Além disso, o trabalho de SEO é uma excelente maneira de conquistar uma boa indexação nos motores de busca e de aumentar o tráfego orgânico. Portanto, invista nestas otimizações para garantir que a loja apresente um posicionamento cada vez melhor.

Certamente, o seu projeto ficará totalmente consistente através destas dicas. Quer saber mais sobre implantação de lojas virtuais? Entre em contato conosco! O M3 Squad é formado por especialistas em performance digital e implantação de e-commerce. Vamos juntos!

Divulgue esse Artigo

Deixe sua resposta