Logística da moda online: como criar processos eficientes?

6 de FEV, 2020 por Pablo Ribeiro

Saiba como se preparar para oferecer o melhor atendimento aos seus clientes e não perder nenhuma venda em seu e-commerce de moda

Já faz bastante tempo que os e-commerces de moda dominam esse tipo de comércio. Muitos empreendedores investem nesse tipo de produto porque o seu custo é baixo quando comparado a outros nichos de sucesso (como eletroeletrônicos, por exemplo) e pelo apelo comercial que a moda tem. Para a maioria das pessoas, não é preciso se planejar muito para comprar algumas peças de roupa. Outro ponto positivo é a possibilidade de divulgação dos produtos, principalmente através de fotos, vídeos e parcerias com influencers, que chamam bastante atenção nas redes sociais.

Por outro lado, os donos de e-commerces de moda precisam se preocupar um pouco mais com algumas questões específicas, referentes à compra e venda de roupas e sapatos. A principal delas é a logística reversa, ou seja, o custo envolvido em trocas e devoluções. Uma vez que o cliente não pode tocar ou experimentar a peça, é esperado que uma porcentagem deles fique insatisfeita depois de receber seu pedido, seja por conta do tamanho errado, possíveis defeitos ou simplesmente por não gostar do produto ao vivo.

A Lei do E-commerce garante ao consumidor o direito à troca ou devolução de todo produto comprado em uma loja virtual até 7 dias depois do recebimento do mesmo, em caso de arrependimento. As lojas precisam seguir essa regra, inclusive informando sua política claramente no site. E agora, como manter a lucratividade ao vender um produto como esse?

Logística de moda: 5 dicas para implementar já

Se você decidiu empreender no ramo da moda, provavelmente já sofreu algum tipo de prejuízo com seu estoque. Para que isso não aconteça mais, vamos listar a seguir 5 atitudes que vão te ajudar a otimizar a logística, o que vai refletir em vendas melhores e clientes mais satisfeitos. Acompanhe:

Cadastre os produtos com cuidado

Aqui no blog já explicamos o que é SKU (Stock Keeping Unit, ou em português “Unidade de Manutenção do Estoque”). Na hora de cadastrar o SKU das roupas que você vende, cuide para que características como tamanho e cor estejam corretas, o que vai diminuir a possibilidade de enviar peças erradas aos clientes e, consequentemente, as devoluções.

Apresente bem cada produto

Ao chegar no e-commerce, cada peça precisa ser muito bem descrita, de preferência em texto, fotos e vídeos. Disponibilizar ferramentas que ajudem cada cliente a encontrar o tamanho correto também é uma boa forma de evitar trocas. A Dafiti é um exemplo de loja que utiliza bem esse recurso.

Cuidado com peças sazonais

A moda muda muito rápido e uma peça que está sendo super procurada hoje amanhã já pode ser preterida em sua loja. Para evitar ter roupas de outras temporadas paradas no fundo do estoque, invista com cuidado em tendências que não têm potencial para mais de uma estação. Conhecer bem o seu público é fundamental para saber que moda vai pegar ou não. 

Invista no omnichannel

Ter um ponto de venda físico vai minimizar quase todos os problemas que levantamos até agora, principalmente se o estoque for unificado com a loja online. A possibilidade de experimentar a roupa antes de comprar e buscar a peça tão logo ela seja comprada (o que é bom para compras por impulso) vai fazer suas vendas fluírem melhor.

Faça boas escolhas

Ao montar seu estoque, analise quais peças são vendidas mais facilmente. Você pode fazer pesquisas de mercado se ainda não possuir dados próprios ou estudar suas próprias vendas a partir de ferramentas como o Google Analytics. Dessa forma, você pode inclusive se preparar para momentos de maior venda, como a Black Friday. O objetivo sempre precisa ser conseguir ter o estoque mais enxuto possível, sem deixar faltar as peças mais desejadas. Faça uma previsão de quanto tempo seu fornecedor demora para fazer uma reposição, caso ela seja necessária, e não perca esses dados de vista, fazendo um acompanhamento diário das suas vendas.

Divulgue esse Artigo

Deixe sua resposta