O que é SKU? Conheça o método simples e eficaz para gerir o seu estoque

26 de MAR, 2019 por Pablo Ribeiro

Gerenciar um e-commerce não é uma tarefa fácil, principalmente quando se trata de uma empresa pequena, onde uma só pessoa é responsável por várias áreas diferentes. Lidar com fornecedores, consumidores, equipe, pensar em estratégias de marketing, ficar de olho na concorrência… todas essas são tarefas que tomam muito tempo e energia. Ainda bem que existem alguns métodos capazes de tornar os processos muito mais simples. O SKU é um deles.

SKU é uma sigla para Stock Keeping Unit, ou em português “Unidade de Manutenção do Estoque”. Esse termo é utilizado em logística e tem uma função de extrema importância para qualquer lojista: ele ajuda a designar produtos diferentes dentro de um estoque. Por meio do SKU, é possível saber exatamente tudo o que a sua loja ainda tem disponível para venda. Quer saber como isso é possível? Continue lendo esse artigo.

SKU: seu aliado no controle de estoque

O SKU é um código alfanumérico utilizado por comerciantes com a finalidade de identificar cada tipo de produto e suas variações. Ele serve tanto para localizar um produto específico no estoque, quanto para o controle de estoque e vendas de um e-commerce. Por ser simples, eficiente e de fácil implantação e leitura, ele é utilizado na maioria das lojas, centros de distribuição e serviços de importação e exportação.

Como o SKU funciona?

O SKU é um código que contém referências às características dos produtos, como tamanho, cor, fabricante, material, embalagem ou qualquer outro detalhe capaz de diferenciar um produto dos demais. Cada tipo de produto possui um SKU único. Qualquer variação precisa ser registrada, gerando um novo SKU. Cada comércio tem liberdade para criar seu próprio padrão de SKU, e é recomendado que isso seja feito assim que os produtos chegam no estoque.

Veja o exemplo a seguir:

O SKU de uma geladeira branca frost free 370 litros da marca Electrolux poderia ser ELE-GEL-BR-FF-370. Se no estoque também há esse mesmo modelo de geladeira, porém na cor inox, um outro SKU deverá ser criado, como por exemplo ELE-GEL-IN-FF-370. Atente-se para o fato que somente as características mais relevantes foram inseridas no código. Conseguiu captar?

Vantagens de adotar o SKU para gestão de estoque

O SKU foi criado para facilitar o gerenciamento de estoques e cumpre essa função muito bem. Veja a seguir alguns benefícios desse método, sobretudo para quem possui um e-commerce:

  • Diferente de um código de barras, o SKU pode ser lido por pessoas, já que seus dígitos fazem sentido quando ele é feito corretamente, seguindo uma lógica.
  • São únicos e personalizáveis para cada comércio. Você pode criar seus códigos com total liberdade.
  • São extensíveis e podem ser aumentados no futuro, garantindo que cada produto sempre contará com um código único
  • Podem ser integrados com sistemas de controle de estoque informatizados, ajudando na operação de e-commerces. Com a configuração correta, essa medida impede que produtos esgotados sejam vendidos ou que seus anúncios continuem sendo exibido.

Ainda não o que é sku? Implemente hoje mesmo e ganhe eficácia na gestão do seu estoque.



Divulgue esse Artigo

Deixe sua resposta