Taxa de conversão: o que é e como calcular

3 de ABR, 2019 por Pablo Ribeiro

Conheça uma das métricas mais importantes para os e-commerces

Para ter um e-commerce de sucesso, uma das principais estratégias de marketing é monitorar o comportamento dos visitantes que chegam até ele. Essa é, inclusive, uma das vantagens de escolher empreender em uma loja virtual em vez de uma loja física. No comércio tradicional, é muito difícil mensurar a quantidade de pessoas que visita o ponto de venda. Ainda que isso fosse feito, seria impossível manter contato com todas essas pessoas, para tentar fazer com que cada uma delas não desistisse da compra.

No e-commerce é diferente. Além de conseguir entender o comportamento do usuário em seu e-commerce, você pode lançar mão de ações para fazer com que um visitante se torne um cliente, ainda que sejam necessários mais alguns passos entre o momento que ele descobre sua loja e a hora em que ela faz a conversão, ou seja, realiza a ação esperada. O preenchimento de um formulário, o click em um link, a assinatura em uma petição, a participação em uma pesquisa, um pedido de orçamento e, claro, a compra de produtos e serviços são formas de conversão.

Taxa de conversão: o que é?

A taxa de conversão é a proporção entre a quantidade de visitantes de um e-commerce e a parcela deles que, de fato, converte. Para chegar a esse número, basta dividir o número de visitas pelo número de conversões. Simples, né?

Começamos esse artigo dizendo que a taxa de conversão é uma das métricas mais importantes para os e-commerces. Essa afirmação se deve ao fato de que a taxa de conversão está intimamente ligada à geração de receita para seu e-commerce. Uma taxa de conversão alta significa que as ações de marketing estão no caminho certo. Mais do que isso: uma boa taxa de conversão é um indicador de que o investimento que você faz para adquirir tráfego está entregando o resultado esperado.

Como calcular a taxa de conversão

Imagine que um novo anúncio de mídia paga foi feito e atraiu 100 novos visitantes para sua loja virtual. Dessas 100 visitas, apenas duas resultaram em uma compra. A taxa de conversão desse anúncio é, portanto 2%. Se, após essa análise, você notar que teve um bom retorno sobre o investimento feito para atrair essas visitas, ainda que essa porcentagem pareça baixa, a campanha terá sido bem sucedida.

Por que é importante medir a taxa de conversão?

Além de permitir analisar a performance de ações de marketing, a taxa de conversão também é uma métrica que alerta sobre uma possível necessidade de melhorias em alguns aspectos dentro e fora do seu site de vendas, com o objetivo de fazer com que um maior número de visitantes converta.

Essa é uma estratégia mais assertiva e também mais econômica para melhorar o desempenho das vendas sem ter que apostar em uma nova campanha, por exemplo.

Teste A/B: medindo a taxa de conversão em diferentes cenários

Quer implementar alguma mudança em seu e-commerce mas não sabe se isso vai melhorar os resultados ou fazer exatamente o contrário? Antes de fazer uma alteração definitiva, faça um teste A/B e compare as taxas de conversão das duas versões.

Em um teste A/B, os acessos que seu site recebe são divididos em dois grupos e cada um deles tem uma experiência de usuário diferente. Landing pages e peças de e-mail marketing diferentes são um bom exemplo: o produto vendido é o mesmo, mas há duas formas de apresentá-lo. Você pode alterar elementos como:

  • Título
  • Layout
  • Cores
  • CTA (Call to Action ou Chamada para Ação)
  • Imagens
  • Vídeos
  • Tom de voz

Mas atenção! Para que o resultado do teste a/b seja confiável, teste uma variável por vez, ou seja, escolha uma métrica que representa o objetivo do seu negócio naquele momento. Aplique os testes simultaneamente, em circunstâncias iguais. Ao fim do teste, você conseguirá verificar qual delas apresentou melhor performance, tendo mais confiança para concretizar a mudança.

Assim como o ticket médio, a taxa de conversão é uma métrica que te ajuda a avaliar as estratégias que você adota em seu e-commerce. Analise, documente e, periodicamente, compare os dados levantados para ter uma real noção de como anda seu e-commerce e ter ideias de como otimizá-lo. Boas vendas!

Divulgue esse Artigo

Deixe sua resposta
Pense fora da caixa black friday 2020 fique pronto para lucrar BAIXE GRATUITO AQUI
Pense fora da caixa black friday 2020 fique pronto para lucrar BAIXE GRATUITO AQUI